Como e por que migrar para o PABX IP - Net2Phone
Central de Vendas 0800 580 2607

abril 16, 2019 Como e por que migrar para o PABX IP

O PABX IP chegou para revolucionar a maneira como as pessoas se comunicam. Tanto é, que diversas empresas já estão trocando o sistema de ramais analógicos pela versão na nuvem.

De acordo com pesquisa da Research and Markets, até 2023, os investimentos em tecnologia para a área de telecomunicações irá aumentar de US$ 46,6 milhões para US$ 1 bilhão. O crescimento indica que, mesmo a comunicação tendo novas possibilidades atualmente, a telefonia continua sendo importante.

Para as empresas que estão pensando em fazer a migração, é importante levar em consideração alguns aspectos e se preparar para esse momento. Saiba mais sobre o processo de mudança de PABX analógico para a nuvem!

Por que mudar do sistema analógico para digital

O PABX analógico é um sistema simples e que não possui muitos recursos. Por outro lado, o PABX IP permite transformar um celular em ramal móvel, fazer conferências, instalar respostas automáticas para o público e muito mais.

Assim como o smartphone é uma evolução do tradicional telefone fixo, esse tipo de comunicação também representa o progresso para os usuários. Além de ter mais funcionalidades disponíveis, ele gera muito mais economia, o que pode chegar a 70% para as companhias.

Como se preparar para a migração

Como qualquer mudança, a migração do PABX analógico para o IP possui algumas características e necessidades específicas. Confira!

Tempo de inatividade

Na migração, uma parte da infraestrutura da empresa é alterada, como a ativação de provedores de serviços. Por isso, é possível que haja um lapso de disponibilidade das funções. Porém, essa fase pode ser mais fácil do que se imagina.

Alguns provedores possuem estratégias para diminuir esse tempo de inatividade. Dessa forma, a empresa não perde o contato com o público e mantém a continuidade das tarefas.

Habilidades necessárias

Se a equipe de TI for pequena ou não estiver familiarizada com a migração para nuvem, vale a pena considerar a opção de terceirizar parte dessa área. Contar com profissionais externos pode ajudar a fazer uma transição mais tranquila e sem sobrecarregar o time interno.

Depois que a transferência tiver sido feita, a manutenção, gerenciamento da telefonia VoIP, redes e outros sistemas poderão ser realizadas para os provedores de serviços.

Cabe lembrar que, apesar de exigir habilidades específicas para a migração, o sistema VoIP é fácil de ser operado. Ele possui diversos recursos que podem ser usados por todos os usuários da plataforma.

Gerenciamento de custos

Atualmente, um dos maiores desafios enfrentados pelos usuários corporativos é o gerenciamento de custos. É necessário ficar atento ao orçamento, desde o momento da imigração até a implementação do sistema telefônico.

Na telefonia VoIP, as vantagens são grandes nesse sentido. Boa parte das operadoras oferecem planos mensais, o que facilita na hora de controlar os gastos. Essas assinaturas podem ser escolhidas dependendo da necessidade do tamanho e necessidade da empresa.

Planejando a recuperação de desastres

Para garantir o melhor serviço prestado, é crucial que as empresas busquem fornecedores de nuvem reconhecidos pelo mercado. Somente dessa forma haverá a garantia de que os negócios não irão parar. Quando o fornecedor é de qualidade, ele também segue medidas para a segurança, a realização de backups e recuperação de desastres.

Dependendo do software, a empresa também pode ter vários recursos para otimizar o atendimento aos clientes. São exemplos de funcionalidades oferecidas pelas prestadoras desse serviço: a transferência automática de ligações, chamada de Siga-me, as recepcionistas virtuais, etc.

Adaptação

Por fim, mas não menos importante, a empresa deverá anunciar as alterações para toda a equipe. Para que a adaptação seja melhor, vale a pena fazer um treinamento de como utilizar a plataforma.

Como já dissemos, o sistema de comunicação VoIP é fácil de ser operado e tem recursos bastante intuitivos. Certamente, a equipe irá se adaptar com facilidade a esse tipo de PABX.

Tipos de migração

É possível fazer a migração entre os PABX de algumas formas. Para quem já possui um aparelho PABX, existe o ATA (Adaptador Telefônico Analógico) que faz com que a comunicação seja feita por IP.

Outra opção é contratar esse tipo de serviço PABX incluindo a instalação de um telefone IP próprio para essa comunicação. Ou, se preferir, é possível ainda adotar esse sistema de comunicação por meio de um softphone.
Quer migrar para o PABX IP? Conte com a experiência da IDT Brasil para isso e otimize a comunicação da sua empresa!